Mulher, pare de contar o valor do seu salário!

Em geral, para um mesmo cargo para uma mesma experiência profissional e mesmas competências, uma mulher costuma ganhar menos do que um homem. Os motivos são vários e são estruturais. Tem histórico grande e está engessado. Se você que está lendo este texto é mulher, bem peço desculpas antecipadas, pois o texto a seguir contém doses de provocações direcionadas a você.

O primeiro ponto que devemos considerar é que todo gesso pode ser quebrado. Toda rotina pode ser mudada. E o futuro poderá ser moldado de outra forma se você quiser. Mas para isso é preciso uma boa dose de responsabilidade e coragem. Responsabilidade porque afinal temos que parar de encontrar culpados por todas nossas mazelas que acometem nossa vida. A desigualdade salarial existe e continuará existindo até que você decida que não aceitará mais isso e mudará suas atitudes. E é aí que vem a dose de coragem.

Na sua última entrevista de emprego quanto te perguntaram qual o seu salário ou qual sua pretensão salarial, você respondeu? Acredito que sim, assim como a maioria de todas nós. Ao dar essa informação colaboramos para essa nossa realidade. Como? Da seguinte forma: quem está recrutando tem uma faixa salarial que pode trabalhar na busca por um candidato e procurará ser o mais eficiente possível encontrando a pessoal ideal pelo menor valor.

Vamos a um exemplo: digamos que uma empresa tem uma vaga de gerente de marketing e o recrutador espera encontrar uma pessoa na faixa salarial de 10mil a 12mil reais. Temos dois candidatos (A e B) com qualificações para a vaga de forma muito semelhante e ambos foram muito bem nas entrevistas. Ao perguntar a pretensão salarial para o candidato A sua resposta foi 9mil reais, já o candidato B foi 15mil reais. Se o recrutador estava na dúvida sobre quem selecionar, o fator salário poderá ser o decisor. Nesse caso ele pode escolher o candidato A e oferecer exatamente sua pretensão, mesmo sendo abaixo da faixa.

Se você não responde aos questionamentos de salário atual ou pretensão salarial você abre uma porta para que a empresa e o recrutador te avaliem pelo que você é e não pelo que você ganha ou quer ganhar. E se você for a escolha ideal por esses fatores o recrutador te fará a proposta salarial INDEPENDENTE do quanto você ganha hoje. Há risco em fazer isso? Claro, sempre há. Você pode participar do processo todo e no final descobrir que o salário é muito abaixo do que você gostaria ou a empresa pode não querer continuar com você no processo sem saber essa informação (o que seria um absurdo mas sim, pode acontecer). Mas o risco maior é você começar a trabalhar em uma empresa ganhando menos do que mereceria ganhar.

Pouco mais de 1 ano atrás um colega me pediu indicação para uma vaga de analista senior. Eu tinha a pessoa ideal para o desafio que ele tinha na área. Sabia que ele se surpreenderia positivamente se contratasse a minha indicação. Ele a entrevistou e ficou super confiante também de que ela era a candidata certa! Ele não perguntou o salário dela e nem sua pretensão. Ele simplesmente fez a proposta e ela aceitou. No final vimos que ela entrou na empresa ganhando 70% acima do que ganhava no emprego anterior. Em outra situação muito provavelmente se tivessem perguntado o salário dela ela poderia ter recebido uma proposta com um salário inferior ao que recebeu. O salário da vaga tinha sido definido de acordo com o desafio e nível de responsabilidade exigido. Ela foi a pessoa escolhida pelos recrutadores pela sua experiência profissional, desenvoltura nas entrevistas e claro, minha recomendação. Nada mais justo do que ela receber o salário que havia sido definido.

Em sua próxima entrevista, respire fundo e se encha de coragem para responder “prefiro não responder o valor do meu salário e da minha pretensão salarial”. Você está no seu direito, você não é obrigada a dizer o que não quer. E da mesma forma a empresa não é obrigada a continuar com você no processo sem essas informações. Mas se isso acontecer, já sabemos que essa não era sua empresa ideal! 😉

Tem alguma experiência semelhante aos exemplos citados aqui? Divida com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *